A RPG representa uma série de exercícios práticos para evitar e aliviar os diversos tipos de dores com movimentos que ajudam a alongar a musculatura e contribuem para dar mais forma ao corpo.

A RPG também pode ser aplicada às mulheres grávidas e muitos médicos obstetras já indicam com a devida atenção individual e adaptação à realidade da gestante. Incluem desde a preparação para o parto até a recuperação pós-parto.

Quando o paciente é submetido aos cuidados com um fisioterapeuta de RPG, ele pode corrigir a postura, resolver problemas crônicos de coluna, tonificar os músculos, melhorar a asma e bronquite e crescer de dois a três centímetros, com a recolocação dos ossos no lugar correto. Uma postura correta ajuda até na diminuição da incômoda barriguinha, pois corrigindo a postura, a barriga diminui.

Os médicos já estão conscientes dos benefícios que a RPG pode trazer a saúde de seus pacientes e indicam o tratamento associando ao uso dos medicamentos para uma resposta mais rápida.

A RPG baseia-se em três princípios fundamentais:
– Individualidade: Cada ser humano é único e reage de forma diferente;
– Causalidade: A verdadeira causa do problema pode estar distante do sintoma (causa/conseqüência);
– Globalidade: Deve-se tratar o corpo como um todo, buscando identificar as responsabilidades das retrações musculares nas patologias músculo-esqueléticas.
Um dos diferenciais da RPG é a revalorização da função estática dos músculos. Solicitados a permanecer numa mesma posição, estes podem encurtar-se e perder sua flexibilidade, freando os movimentos e deformando o corpo. Assim, um dos princípios do método é identificar e alongar os músculos responsáveis pela alteração postural.